Resumão Game of Thrones – Parte 8: Casais e Casamentos na Terceira Temporada

Vamos relembrar a Terceira Temporada começando pelos casais, mas é porque teve muita narrativa centrada em relacionamentos amorosos. Parece romântico mas é bem triste e tenso. Pega o lenço.

 

SPOILEEEERS!

 

 

CASAMENTOS

 

CASAMENTO VERMELHO

Começar logo pelo mais difícil, não é mesmo?

Robb chega em Harrenhal mas a galera lannister já tinha se mandado de lá e matado todos os prisioneiros. Ainda bem que Arya e os amigos fugiram antes.

No meio dos corpos, um deu sinal de vida. O único sobrevivente da chacina: Qyburn. Ele é ex-meistre porque foi expulso da ordem por fazer experimentos em humanos.

Robb salvando o futuro braço direito de Cersei

 

Roose Bolton diz a Robb que mandou seus homens atrás de Jaime pra trazê-lo de volta, mas nós sabemos que não é isso que ele quer. O safado já ta vendido pros Lannisters.

Robb e Cataleyn recebem duas cartas: uma avisando da morte do pai dela, que era o Lorde de Correrrio, e uma avisando que Winterfell foi queimada e seus 2 filhos desapareceram. Ela entende que perdeu os dois. Sem Arya e Sansa, e sem Ned, ela passa a ter apenas Robb. Eles vão ao funeral do pai dela e deixam Roose Bolton no comando de Harrenhal.

Deixa tudo comigo até vocês voltarem. Porque vocês não vão voltar.

 

Chegando lá, o irmão mais novo de Catelyn, Edmure Tully, agora Lorde de Correrrio, erra as porcarias das flechas que queimariam o corpo do pai dele, mas seu tio Peixe Negro acerta de primeira o corpo de seu irmão e conclui a cerimônia, já sem paciência com o sobrinho. Segue abaixo essa cena maravilhosa, sem diálogos, que apresenta pra gente tanto Edmure quanto Peixe Negro.

 

Talisa cuida gentilmente de 2 pequenos lannisters aprisionados pelos homens de Robb numa das batalhas, mas depois Lorde Karstark mata os dois com a ajuda de vários de seus homens. Ele não aguenta o fato de que deixaram Jaime fugir sem pagar por ter matado seu filho. Robb manda executar todos os que participaram do assassinato e prender Karstark, mas seus homens exigem que ele seja executado. Ele já sentindo que tá sem moral desde que deixou sua mãe com Jaime, e deu no que deu, executa Karstark pessoalmente, e assim perde todo o exército do Lorde. Mas ele tem uma ótima ideia, e quando digo ótima quero dizer péssima: Substituir o exército perdido dos Karstark pelo apoio de Walder Frey. O cara que ele desonrou quebrando a promessa de se casar com uma de suas filhas e que Catelyn já tinha avisado que não presta. Vamos lá então, fazer o que?

Não faz isso, Robb…

 

Robb, Lorde Edmure e Peixe Negro se reúnem com 2 filhos de Walder Frey pra tratar do acordo. Eles aceitam apoiar Robb contra Rochedo Casterly, com as condições de que ele peça desculpas formalmente a Walder Frey pela quebra da promessa, que eles cedam Harrenhal aos Frey depois da batalha, e que Lorde Edmure se case com uma de suas filhas, já que Robb não era mais uma opção. Edmure aceita relutante porque a família Frey é notoriamente feia.

Filhos de Waldre Frey negociando com Robb. Lembrem-se deles.

 

Talisa revela que está grávida. A essa altura já peguei um copo d’água porque a tragédia anunciada acaba de ganhar um peso maior ainda.

Robb e sua comitiva chegam nas Gêmeas, lar dos Frey e local marcado pro casamento de Edmure com uma Frey que ele nunca viu na vida. Robb pede desculpas a Walder Frey na frente de um monte de gente, Walder Frey sacaneia Robb elogiando obscenamente Talisa, mas na hora do casamento tudo parece ter sido esquecido e as pessoas se divertem sem parecer que existe uma guerra ainda sendo travada com os Lannisters. Até a noiva se revelou mó gatinha, Edmure ficou todo bobo. Eles se casam, Edmure e a noiva são retirados do recinto pra noite de núpcias, e Peixe Negro sai pra mijar e de quebra se salva do terror que tava pra começar ali.

Edmure admirando sua linda noiva que tá sendo usada pra enganar todos eles

 

Catelyn vê a porta do recinto sendo trancada por dentro. Os músicos começam a tocar As Chuvas de Castamere, famosa canção Lannister, e percebe que Roose Bolton, que também foi ao casamento e passou toda a cerimônia ao seu lado, estava de cota de malha por debaixo da roupa. Ela dá um tapa na cara dele e grita pra Robb fugir, e o massacre começa por Talisa e segue até não sobrar mais nenhum convidado vivo, nem dentro do salão, nem do lado de fora, com exceção de Peixe Negro e alguns de seus homens, que conseguem fugir quando percebem o que está acontecendo. Os Stark saem da guerra dos 5 reis, que agora só tem 3. Vejam a cena por sua conta e risco, eu vi esse capítulo 4 vezes e chorei em todas.

 

Com Edmure preso depois de se casar e mantido vivo pra poder gerar um herdeiro Tullly na família Frey, Lorde Walder ganha da Coroa como recompensa por ter acabado com os Stark o título de Lorde de Correrrio. Roose Bolton recebe o título de Lorde de Winterfell no lugar de Robb, e Protetor do Norte como foi Ned um dia.

 

TYRION E SANSA

Quando acaba a batalha da Baía da Água Negra na segunda temporada, Tyrion, que foi o grande herói da parada, termina num quarto escuro, sem muitos aliados porque não é mais o Mão do Rei desde que seu pai, o Mão oficial, voltou pra Porto Real no final da batalha, e com uma cicatriz bizarra na cara. Ele demora a aceitar a mudança drástica na situação mas finalmente assume a marca no rosto, com o incentivo de Shae, e sai do quarto pra resolver as coisas com seu pai, que simplesmente não foi nem visitá-lo desde que chegou, nem parabenizá-lo por ter salvado a cidade enquanto ele não chegava. Foi lá irritadíssimo e exigiu reconhecimento por parte dele, e de quebra ainda exige Rochedo Casterly pra ele, já que Jaime não pode herdar nada por ser Cavaleiro Real e Cersei é mulher. Tyrion seria teoricamente o herdeiro legítimo de Tywin, olha que felicidade pra esse pai. Claro que Tywin recusa e esculacha ele né.

 

Já Sansa recebe uma proposta de Lorde Baelish pra fugir de Porto Real quando ele fosse embora (pra se casar. Mais um casamento). Uma luz no fim do túnel.

Partiu voltar pro Norte comigo?

 

Enquanto isso, Margaery ajuda os pobres e eles passam a adorar a futura rainha. E a Cersei rapidinho percebe o talento pra manipular que sua futura nora tem. Uma mentirosa reconhece outra.

Margaery leva Sansa pra conhecer sua maravilhosa avó Lady Olenna, que pede a Sansa pra falar mais de Joffrey. Sansa reluta, mas com tanto desespero guardado acaba soltando que ele é um monstro mesmo. Olenna e Margaery percebem que o casamento Real não vai ser uma missão agradável. Margaery então passa a tentar agradar Joffrey demonstrando interesse em sua natureza violenta, pedindo até pra ir caçar um dia com ele. Dá certo, ele se amarra. Paralelamente ela promete a Sansa que quando for rainha permitirá que ela se case com seu irmão, Loras, e vá viver com ele na terra dos Tyrell longe de Joffrey. Agora ela fica felizinha e acha que não precisa mais fugir com Baelish.

Faz um esforço, Loras. Seus filhos vão ser lindos e donos do Norte.

 

Shae não facilita as coisas pra Tyrion e o recebe em seu quarto totalmente exposta, e ele o avisa pra tomar mais cuidado porque se pai prometeu que acabaria com qualquer prostituta que ele trouxesse pra casa.

Numa reunião do Conselho, Tywin conta sobre o plano de casar Baelish com Lysa Arryn, irmã de Catelyn Stark, assegurando assim o controle do leste de Westeros. Tarefa fácil, já que Lysa sempre foi apaixonada por Baelish. E como o Mindinho após se casar teria que morar no Ninho da Águia, onde sua esposa governa o Vale, Porto Real precisa de um novo Mestre das Moedas. Tywin nomeia Tyrion. Ele então descobre sobre a dívida que seu pai e a coroa adquiriram com o Banco de Ferro de Braavos.

Varys conta pra Tyrion sobre como se tornou eunuco. Ele foi cortado por um feiticeiro que tacou suas partes no fogo, de onde saíram vozes. Se comunicar pelo fogo soa familiar, né? Desde então Varys passou a ter ódio de magia, e esperou o momento certo de se vingar do cara. ele conseguiu se tornar influente e chegar onde está: um membro do Pequeno Conselho do rei, e finalmente deu um jeito de capturar o velho que o mutilou. Ele guardou o cara dentro de um baú todo amarrado.

Deixa eu te mostrar um velho amigo…
… brincadeira, ele não é amigo.

 

Varys recebe da prostituta Ros a informação de que Baelish pretende levar Sansa embora quando for se casar, e então passa a informação pra Olenna, que também tem interesse em Sansa.

Teressantchi

 

Baelish usa um espião pra ir pra cama com Loras, que conta a ele sobre a intenção de sua família de casá-lo com Sansa. Quando Mindinho chega em Sansa pra combinar a fuga, ela já não quer mais.

Tywin fica sabendo da movimentação dos Tyrell e anuncia a Tyrion que ele que se casará com Sansa, coitada. Assim os Lannisters asseguram a herança do Norte, e não os Tyrell. Cersei não tem nem tempo de rir da situação do irmão e papai anuncia que ela vai ter que se casar com Loras, pra fortalecer a relação entre as famílias e pararem de vez com os “boatos” sobre ela e Jaime. Uma péssima época pra ser um Lannister.

Quando Tyrion conta pra Sansa sobre o casamento que terão que aceitar, ela corre pra Baelish mas só dá tempo de ver o barco dele indo embora. Tava bom demais pra ser verdade, o sofrimento dessa garota não vai acabar tão cedo.

Adeeeeus chance de fugir dos Lannisters

 

Baelish antes de ir embora deixou claro pra Varys que descobriu que suas informações vazaram da prostituta Ros, e mandou a mulher como presente pra Joffrey torturar e matar.

Ninguém escapa do Mindinho

 

Tyrion conta pra Shae que depois de casado não vai mais poder ficar com ela. Depois que o casamento acontece, ele manda Varys entregar diamantes a Shae propondo que ela deixe Porto Real e comece uma nova vida, mas ela recusa.

Manda ele vir pessoalmente me dispensar, aquele safado

 

O casamento em si foi um tormento. Sansa foi obrigada a entrar levada por Joffrey, que ridicularizou Tyrion tirando o banquinho que ele usaria pra alcançar os ombros de Sansa na hora de cobrir sua noiva com o manto Lannister. Ela teve que se ajoelhar e geral na igreja riu. Joffrey atazanou a vida deles até durante a festa. Mas na noite de núpcias Tyrion se recusou a consumar o casamento enquanto Sansa não quisesse ir pra cama com ele. Situação que duraria o casamento inteiro dos dois. Que não vai durar muito mesmo.

 

E quando Sansa percebe que tá muito melhor com Tyrion do que estaria com Joffrey, as notícias sobre o casamento vermelho chegam à Capital. Quando Tyrion tenta contar pra ela, ela já tinha ouvido. Ela tá casada com um cara da família que matou seu pai, e agora sua mãe e seu irmão.

Força aí porque ainda vai piorar

 

CASAIS

 

BRIENNE E JAIME

Roose Bolton tinha mandado alguns de seus homens liderados por um cara chamado Locke atrás de Jaime, e finalmente eles o encontram, com Brienne, e capturam os dois.

Tamo ferrado

 

No caminho de volta pra Harrenhal pra entregar os prisioneiros a Bolton, Locke e seus homens tentam estuprar Brienne. Jaime começa a mentir sobre ela dizendo que ela vem de um lugar rico em safiras, e que o pai dela pagaria seu resgate com essas pedras preciosas caso ela estivesse ilesa. Eles desistem do estupro. Jaime se anima com o sucesso da sua mentira e tenta a sorte pra ele mesmo. Diz que seu pai também é muito rico e pagaria seu resgate muito bem. Locke finge acreditar mas corta sua mão direita, pra ensinar a ele que não dá pra se livrar de tudo apelando sempre pro papai. Depois de ser salva por Jaime e dele perder uma mão, Brienne, que até então o odiava, começa a se aproximar do King Slayer.

A temporada das mutilações, pelo visto. E essa nem é a pior.

 

Eles chegam em Harrenhal e entregam a Bolton os reféns. Jaime tá um caco, e Bolton não gosta nada do estado deplorável de seu precioso prisioneiro. Ele manda Qyburn, o sobrevivente dos reféns do Montanha em Harrenhal, tratar de seu braço. E depois é hora de tomar um banho, no mesmo lugar que Brienne.  Tensãozinha sexual rolando, Jaime conta de como matou o Rei Louco não por não ter honra, mas pra salvar seu pai e toda a cidade e seus habitantes de serem incendiados.

Da próxima vez deixo todo mundo morrer, esses ingratos

 

Roose Bolton promete a Jaime que ele será escoltado de volta a PORTO REAL, contanto que ele prometa que dirá ao papai que Bolton não teve nada a ver com sua mutilação. Bolton se despede de Jaime porque está indo para o casamento nas Gêmeas, e Jaime manda dizer que “os Lannisters mandam parabéns”, que é a frase que Bolton diz a Robb quando o mata.

The Lannisters send their regards

Jaime é levado pra casa mas Brienne continua presa, e ele sabe o que homens fazem com prisioneiras mulheres. Então no meio do caminho ele obriga sua escolta a voltar pra Harrenhal e encontra Brienne numa arena lutando com um urso pra diversão dos homens de Bolton. Jaime entra na arena e a salva, voltando pra casa com ela. Mas como ele ainda é um trouxa, mesmo depois de toda a aproximação com Brienne, ele vai direto encontrar Cersei.

Ela vem comigo mas meu coração ainda é da bruxa da Cersei

 

JON E YGRITTE / SAM E GILLY

Sam depois de ver o exército dos mortos de perto, volta vivo pros irmãos juramentados e toma um esporro porque não conseguiu mandar os corvos pro reino todo sobre os caminhantes brancos. A Patrulha continua voltando pra Muralha. Enquanto isso Snow é levado perante Mance Rayder e convence o cara de que é mesmo um traidor do Corvos, porque quer lutar do lado dos vivos e os supostos ex-amigos sabiam da relação de Craster com os walkers e não fizeram nada.

É aqui que tão lutando contra os mortos? Tenho interesse

 

Snow conhece Orell, um selvagem que é warg assim como Bran, só que entra no corpo de uma águia ao invés de num lobo. Esse cara viu o massacre que rolou no Punho dos Primeiros Homens quando os mortos passaram por lá. Muitos Patrulheiros não conseguiram fugir a tempo. Mance vai com Snow, Ygritte (cada vez mais próxima de Snow), Orell e outros selvagens investigar o local e confirmam o que aconteceu. Mance envia um pequeno grupo numa missão de escalar a Muralha e aguardar o sinal dele do outro lado. A ideia é atacar Castelo Negro pelo norte com o exército de 100 mil selvagens e por baixo com esse grupo, que inclui Snow, além de Orell, Ygritte, e Tormund. O sinal de Mance seria, segundo ele, a maior fogueira que o Norte já viu.

É só uma muralhinha, tá fácil pra nós

 

Na volta pra Muralha, os Patrulheiros passam de novo em Craster pra se abrigar, e Sam vê Gilly tendo um filho. Menino. Enquanto isso os Patrulheiros começam a arrumar confusão com Craster por causa de comida e começa mó bagunça lá dentro. Um dos Corvos mata Craster, e outro mata o próprio Comandante deles, quando Mormont tenta fazer o assassino pagar pela traição. Durante o motim, Sam e Gilly fogem com a criança.

Mataram o comandante da Patrulha e tomaram a casa do Craster, agora as comidas e as mulheres são deles

 

Snow e Ygritte encontram uma caverna e se separam do grupo pra ter finalmente seu momento a sós, e ele abre mão de seu voto de castidade. Eles ficam super felizes longe de tudo, e a ideia de fugir e largar tudo pra trás surge. Mas eles continuam na missão e escalam a montanha com os outros, quase morrendo no processo. A essa altura, Ygritte já sacou que Snow nunca foi um traidor da Patrulha, mas ela não se importa, contanto que eles fiquem juntos. Eles chegam ao topo da Muralha.

Quase morreram mas a vista valeu o perigo

 

Sam e Gilly acabam encontrando um casebre e tentam ficar um tempinho ali pra descansar, mas um walker aparece pra pegar o bebê recém nascido. Sam mata o caminhante usando vidro de dragão, descobrindo a eficácia do material na prática.

 

O grupo de Snow desce a Muralha do outro lado e chega num local onde um velho se encontra e foge quando percebe que eles estão se aproximando. O grupo de Snow o persegue até próximo de um moinho e os selvagens decidem que precisam matá-lo pra que não avise a Patrulha a respeito deles e estrague o plano de Mance. Orell sugere que Snow deveria ser quem mata o cara pra provar que é fiem à causa. Ele se recusa e eles percebem que Snow não é um deles, enquanto Ygritte o protege. Eles lutam e Snow é ajudado pelo lobo de Bran controlado por ele, que estava dentro do moinho com seu grupo e percebeu que seu irmão estava ali e precisava de ajuda. Snow foge, deixando Ygritte pra trás, decepcionada.

Snow matando Orell, que foge pra dentro da águia na hora

 

Sam e Gilly finalmente chegam na Muralha, em Fortenoite, pra pegar uma passagem secreta pro sul e voltar pra Castle Black, longe dos perigos do Norte. Lá eles encontram Bran e seu grupo, que pedem a ele ajuda pra ir pro Norte. Ele conta da passagem secreta por onde veio e entrega os vidros de dragão a eles, já que estão indo direto pro perigo.

Ygritte alcança Jon e atira nele, pra sua surpresa. Mas ela não tem coragem de matá-lo e ele foge ferido, chegando à Muralha desacordado, montado em seu cavalo, e sendo recebido e ajudado por seus amigos, incluindo Sam, que já voltou pra Muralha. Sam conversa com Meistre Amon sobre o que aconteceu em Craster e sobre os walkers, especialmente sobre o vidro de dragão, e Amon permite que Gilly e seu filho fique com eles por um tempo, mandando Sam fazer o que não conseguiu antes: Enviar corvos pro reino todo avisando sobre os Walkers.

 

You know nothing Jon Snow… Sniff…

No próximo post, a gente fecha a terceira temporada com Arya, Daenerys, Theon, Stannis e Bran!

 

Post Author: Felipe Lyrio

Deixe uma resposta