Resumão Game of Thrones – Parte 12: Sexta Temporada

FALTAM 3 SEMANAS PRA TEMPORADA NOVA HEIN!

 

Vem todo mundo junto e nervoso relembrar o que aconteceu na sexta temporada, porque muita coisa aconteceu nela.

 

SPOILERS SPOILERS HOLD THE DOOR SPOILERS

 

BRAN

Bran é levado a ter várias visões pelo Corvo de 3 Olhos, como parte de seu treinamento. Ele deve se tornar o novo Corvo de 3 Olhos. Ele vê o passado e descobre que Hodor foi uma criança normal e se chamava Wylis. O Corvo interrompe a visão e o avisa sobre permanecer muito tempo nas visões e se perder nelas

Hodorzinho

 

Eles voltam à época da Rebelião de Robert, e Bran assiste seu pai derrotando Arthr Dayne, um Cavaleiro Real da época, com a ajuda de Lorde Reed, pai de Meera e Jojen. O cavaleiro protegia uma torre sob ordens do próprio Príncipe Targaryen, que àquela altura já tinha morrido na batalha nas mãos de Robert. Ned sobe a torre em busca de sua irmã, mas ouve o Bran do presente gritando por ele, apesar de a princípio ser impossível alterar o passado. A visão é interrompida novamente pelo Corvo.

Nedzinho

 

Numa nova visão do passado, Bran vê os Filhos da Floresta criando os White Walkers.

Já falamos sobre isso

 

Em outra visão, dessa vez sem o Corvo, que estava descansando, Bran vê no presente o Rei da Noite e o exército dos mortos. Ele é tocado pelo Rei, e marcado em seu braço. O corvo acorda e vê a marca em Bran, e avisa que eles precisam sair dali. A caverna não á mais segura, já que com essa marca em Bran, os Walkers agora podem entrar lá.

EITA P****

 

Eles tentam fugir mas os mortos já chegaram na porta da caverna. Eles tentam sair pelo outro lado, enquanto a caverna é invadida pelo exército. O Corvo acompanha Bran numa última visão, enquanto eles fogem levando o corpo de Bran em transe. Na visão, Bran vê novamente o jovem Wylis antes de se tornar Hodor .O Rei da Noite mata O Corvo de 3 Olhos. O lobo de Bran enfrenta sozinho vários mortos e também é morto. A Filha da Floresta se sacrifica e destroi um grande grupo de mortos no túnel enquanto Meera foge e Hodor leva Bran num trenó. Eles conseguem sair da caverna mas Hodor fica na porta, evitando que os mortos saiam da caverna, enquanto Meera leva Bran no trenó e grita pra Hodor segurar a porta. O jovem Hodor ouve os gritos de “hold the door” através da visão de Bran, e não aguenta o conflito das linhas de tempo e entra em colapso, se tornando Hodor. Bran assiste a cena descobrindo que foi ele o responsável por Hodor se tornar Hodor, enquanto o pobre Hodor morre no presente pra salvar sua vida. Não tenho nem palavras.

 

Os mortos acabam alcançando Meera e Bran, que ainda não acordou do transe e continuou tendo várias visões. O tio desaparecido de Bran, Benjen Stark, finalmente reaparece e os salva. Ele deixa os dois próximos à Muralha, mas ele não pode passar por ela pois existe uma magia nela que impede a passagem dos mortos. Os Filhos da Floresta salvaram Benjen dos walkers da mesma forma que eles criaram os walkers: usando vidro de dragão no coração. Benjen agora não pode mais passar pro sul da Muralha, assim como os mortos. Bran, já acordado, se despede do tio e diz à Meera que precisa continuar estudando as visões do passado pra aprender tudo e se tornar o Corvo de 3 Olhos. Ele toca na árvore coração onde seu tio os deixou e continua o treinamento sem seu mestre.

Uncle Benjen!

 

Ele finalmente vê o que aconteceu na Torre da Alegria no dia em que seu pai derrotou Arthur Dayne. Sua tia Lyanna realmente estava lá, sangrando do parto complicado, e morreu logo depois de pedir um último favor a Ned. Que criasse o bebê como seu, e nunca revelasse o nome dele a ninguém, ou Robert certamente o mataria por ser herdeiro de Rhaegar Targaryen. Ele o criou com o nome de Jon Snow.

Snowzinho

 

SAM

Sam passa em sua antiga casa antes de ir pra Vilavelha se tornar meistre, porque lá não são aceitas mulheres nem crianças. Ele planeja deixar Gilly e seu filho com sua mãe e irmã, mas seu pai só os aceitaria em casa se Gilly fingisse não ser uma selvagem.

Eles chegam no castelo da família de Sam, e durante o jantar Gilly diz que Sam já matou um walker pra poder defender Sam da humilhação que ele estava sofrendo nas mãos do pai, mas acaba dando a entender que ela é uma selvagem. Eles são aceitos contra a vontade do Lorde Tarly, mas pela humilhação, Sam decide fugir durante a noite e ainda levar a espada de família que é feita de aço valiriano.

Mais uma espada de aço valiriano pra guerra contra os mortos na última temporada

 

Eles chegam em Vilavelha e Sam começa seu treinamento pra ser meistre. Os corvos brancos que avisam a mudança de estação saem voando pela torre da cidade pra anunciarem a chegada do inverno pra todo o continente.

Finalmente o bagulho que aparece na abertura da série desde o primeiro capítulo

 

JON E SANSA

Sansa e Theon sobrevivem à queda do muro de Winterfell mas são encontrados pelos homens de Ramsey. Brienne os salva com a ajuda de Podrick, e oferece mais uma vez seus votos à ela. Dessa vez Sansa aceita. Eles seguem pra Muralha pra encontrar Jon, menos Theon, que volta pra casa nas Ilhas de Ferro.

Aceita pelamor

 

O corpo de Snow é encontrado do lado de fora na neve, e é levado pra dentro de um quarto por seus amigos. Alliser Thorne assume o comando de Castle Black e os ainda fiéis a Snow se trancam no quarto onde está o corpo dele, com medo de serem mortos também, menos Edd, que consegue sair da Muralha pra ir buscar ajuda dos selvagens.

Melisandre antes de dormir se despe e tira seu colar de rubi, revelando que sua beleza e juventude são uma ilusão da pedra que usa no pescoço. Ela na verdade é muito velha.

Tente dormir depois dessa revelação

 

Antes que os Patrulheiros traidores invadissem o quarto, Edd volta com a ajuda dos selvagens e eles retomam o controle de Castelo Negro das mãos do grupo de Alliser. Davos pede a Melisandre que ressuscite Jon, e ela, insegura e desesperançosa depois da derrota de Stannis, tenta, mas aparentemente não consegue. Ao saírem do quarto, Jon volta à vida. Ele executa os traidores, incluindo Olly, e entrega o manto de Comandante a Edd, decidindo deixar a Muralha, livre de seu juramento, pois já tinha morrido.

Voltando

 

Antes de Jon partir, Sansa chega com Brienne e Podrick. Jon recebe uma carta de Ramsey cobrando que ele lhe entregue Sansa de volta e que está com seu irmão Rickon. Os Karstark se aliaram aos Bolton e capturaram o jovem Stark e Osha, matando seu lobo gigante e, mais tarde, a própria Osha. Ramsey também matou seu próprio pai quando sofreu ameaça de ser deserdado caso ele não resgatasse Sansa, e caso o filho de sua esposa fosse menino. A esposa de Roose Bolton e seu menino recém nascido foram entregues aos cães de Ramsey e também morreram. Ramsey é agora o Lorde de Winterfell.

escondida de Jon, Sansa encontra com Baelish e recusa sua ajuda depois que ele a entregou aos Bolton. Ele vai embora mas dá a notícia de que o tio de sua mãe, o Peixe Negro, sobrevivente do Casamento Vermelho, conseguiu retomar o castelo dos Tully em Correrrio, vencendo os Frey que dominavam a região. Ela manda Brienne pra pedir que Peixe Negro se una a ela no norte pra enfrentar Ramsey.

Jon e Sansa saem em busca de outros aliados além dos selvagens pra guerra. Eles conseguem o apoio de poucas casas do Norte. Sansa não consegue convencer Jon a buscar mais apoio antes de lutar, e sem que ele saiba, ela manda uma carta a Baelish pedindo ajuda.

Jon vai com seu exército encontrar Ramsey, que traz ao campo de batalha seu irmão capturado Rickon e o mata na frente de Snow. Jon cai na armadilha e ataca sozinho, desesperado. Seu exército, sem outra opção, acaba entrando na batalha justamente como Ramsey queria. Ele cerca Snow e seus homens e começa uma chacina, mas antes que Jon fosse derrotado, Baelish chega com Sansa, e os homens do Vale o salvam.

 

Ramsey foge pra Winterfell, e o gigante do exército dos selvagens destroi o portão e invade a fortaleza, sendo morto logo depois por Ramsey e seus homens. Os soldados de Jon entram e rendem os últimos que lutavam pelos Bolton, e Snow defende as flechas de Ramsey, socando seu rosto até quase matá-lo. Eles prendem Ramsey junto com seus cães famintos, e Sansa assiste Ramsey ser devorado vivo, sorrindo.

 

Baelish continua envenenando a mente de Sansa sobre ela ser quem realmente merece governar o Norte. Logo depois, os homens do Norte elegem Jon como Rei do Norte.

Davos descobre que Melisandre matou Shireen e Snow não a executa por dever sua vida a ela, mas ordena que ela vá embora e nuca mais volte para o Norte.

Após a batalha, Sansa se desculpa por ter agido sem a permissão de Snow, mas ele agradece por ela ter salvo sua vida. Um corvo branco chega a Winterfell e eles percebem, lembrando de seu pai, que o inverno chegou.

 

THEON

Nas Ilhas de Ferro, Balon Greyjoy é morto pelo irmão, que tinha acabado de voltar pra casa depois de muitos anos no mar. Uma assembleia é feita pra escolherem um novo rei entre eles, e Yara se voluntaria como herdeira do morto, com o apoio de Theon, que também está de volta. Mas seu tio Euron Greyjoy assume publicamente que matou Balon porque ele não tinha levado os Homens de Ferro a lugar nenhum, perdendo suas guerras, e que pretende assumir o trono e levar os Homens de Ferro de volta a sua glória antiga, se casando com Daenerys e entregando a ela seus navios pra que ela possa voltar pra Westeros, se tornando, assim, rei ao lado dela. A Assembleia o escolhe como novo rei, e Theon e Yara aproveitam pra fugir com os melhores navios da frota da Ilha, pois sabem que serão perseguidos por conta da linhagem de seu pai. Eles partem pra encontrar Daenerys antes de Euron, que permanece nas Ilhas e ordena a construção de uma nova frota melhor que a anterior.

Euron

 

SANDOR

O cão sobreviveu aos ferimentos da luta com Brienne graças a um homem religioso da Fé dos Sete. Ele e sua aldeia vivem isolados da guerra, em paz, até que são atacados por homens da Irmandade sem Bandeiras procurando provisões. Só Sandor sobrevive, e ele parte em busca de vingança pela chacina.

Ele encontra Beric Dondarrion e Thoros de Myr, que aprisionaram os responsáveis pela chacina e estavam prestes a executá-los, e exige que eles sejam entregues a ele pra que os mate. Eles chegam a um acordo e Sandor mata dois deles e a Irmandade executa o outro. Eles o convidam pra fazer parte da Irmandade, e ele a princípio permanece seguindo viagem com eles pro Norte pra lidar com os walkers.

Tentou abandonar essa vida de matar, mas não deixaram

 

CERSEI e JAIME

Depois de sua humilhação nas ruas, Cersei planeja atacar os pardais e se une com Olenna Tyrell, que quer libertar seus netos. O ataque não dá certo pois Tommen consegue libertar Maegaery de outra forma: se aliando à Fé dos Sete. Margaery também se alia à Fé, fingindo estar convertida pra se manter viva e manipular os pardais por dentro. Mas avisa a Olenna discretamente para que fuja de Porto Real antes que os pardais também façam algo contra ela. Ela atende, contrariada.

 

Cersei então envia Jaime a Correrrio pra retomar o castelo que os Tully recuperaram das mãos dos Frey, e diz a ele que não precisa temer seu julgamento preparado pelos pardais porque ela pediria um julgamento por combate, e eles ainda tem o Montanha.

Em Correrrio, Walder Frey manda seus filhos levarem o prisioneiro do Casamento Vermelho, Edmure Tully, pra ameaçar Peixe Negro e conseguir o castelo de volta.

Jaime chega com o exército Lannsiter em Correrrio e toma a liderança do cerco dos Frey. Brienne chega pra pedir ajuda a Peixe Negro mas encontra o cerco Lannister e conversa primeiro com Jaime, que permite que ela mantenha a espada que ele a entregou, mesmo após já ter cumprido a promessa de proteger Sansa, e deixa Brienne tentar negociar com Peixe Negro. Se Peixe Negro partisse pra se aliar a Sansa, teria que deixar o castelo pros Lannsiters sem lutar. Mas a negociação de Brienne falha.

Black Fish teimoso até o fim

 

Jaime negocia com Edmure ameaçando matar sua esposa e seu filho recém nascido caso Edmure se recusasse a negociar com Peixe Negro sua rendição. Edmure é levado ao portão e ordena que abram caminho pro exército Lannister, e os soldados juramentados à casa Tully não podem negar uma ordem direta do Lorde Edmure Tully, apesar de Peixe Negro avisar que era uma armadilha. Eles obedecem Edmure, os Lannisters reconquistam o castelo de Correrrio sem haver batalha, e Peixe Negro é morto. Brienne e Podrick fogem de volta pra Winterfell sem a ajuda que Sansa precisava, e Jaime permite a fuga, se despedindo.

Tommen, manipulado pelo Alto Pardal, anuncia que será proibido julgamento por combate. Cersei perde sua cartada pra se livrar da condenação, mas já tinha outra mais drástica guardada na manga.

Ela se recusa a comparecer ao seu próprio julgamento e envia o Montanha pra impedir que Tommen saísse de seu quarto. No Septo, onde todos aguardam o julgamento, Loras confessa seus pecados e se converte à Fé Militante, totalmente arrasado.

Loras já sem forças

 

Cersei manda Qyburn matar Pycelle, e ele o faz usando os “passarinhos” de Varys, que agora são dele.

Cersei começa a se livrar de seus inimigos

 

Margaery percebe que algo está errado e o Pardal envia Lancel pra investigar o que houve com Cersei e Tommen. Ele segue uma das crianças que trabalhava pra Varys, que o leva até os subterrâneos e o fere de forma que não consiga se levantar, bem ao lado do depósito de fogo vivo com uma vela acesa. Ele tenta apagá-la mas o fogo vivo é acendido e explode, matando Lancel nos túneis e todos no Septo, incluindo Margaery, Loras e Mace, deixando Olenna sem herdeiros e a família Tyrell fadada a sumir com ela um dia, além de Kevan Lannister, tio de Cersei. O Alto Pardal e todos os seus pardais também morreram na explosão. Cersei assiste seu trunfo da janela da Fortaleza Vermelha.

 

Mas de outra janela seu filho Tommen também assiste o terror. Ao perceber que perdeu sua amada esposa, se joga da janela e morre.

 

Jaime volta de Correrrio depois do sucesso de sua missão de retomar o castelo, e vê a coroação de Cersei como Rainha de Westeros.

 

ARYA

Cega, Arya passa a mendigar na rua e recebe visitas diárias da mulher que trabalha com Jaqen. Ela bate em Arya todos os dias, até que Jaqen surge e oferece sua visão de volta, além de comida, contanto que ela desista de ser ninguém. Ela recusa e ele a tira das ruas de volta pro templo, onde continua seu treinamento com a mulher, apanhando todo dia, mas cada vez menos.

 

Jaqen mais uma vez oferece sua visão de volta caso ela diga seu nome, e ela insiste que é ninguém. Jaqen restaura sua visão.

Ela recebe uma nova missão: Matar uma atriz que está se apresentando com seu grupo de teatro por ali. Arya assite todos os dias à peça e se aproxima da atriz. Ela decide envenenar sua bebida mas na hora que a mulher vai beber, Arya desiste e derruba a bebida no chão, e a avisa sobre a jovem atriz que fazia parte de seu grupo e queria que ela morresse. A mulher que treinava com Arya recebe permissão finalmente de matá-la depois que Arya falha em sua nova missão.

Arya sabe que não será perdoada dessa vez e não retorna pro templo. Ela compra uma passagem pra Westeros de barco, mas precisa esperar que ele saia na manhã seguinte, se abrigando num beco escuro com sua Agulha de volta.

Antes de partir pra Westeros a mulher do templo a encontra e esfaqueia sua barriga. Ela consegue fugir quase morrendo, e se esconde no quarto da atriz que ajudou. A atriz faz os curativos e salva sua vida, mas a mulher que a persegue a mata. Arya foge novamente, e atrai a mulher pro beco onde dormiu na noite anterior. Ao ver que a mulher caiu na armadilha de entrar no beco, Arya apaga a luz da vela e luta da mesma forma que treinou e superou a a mesma mulher: sem enxergar. Ela retorna pro templo após matar a mulher e exige que Jaqen a deixe ir pra Westeros, assumindo que é Arya Stark, e não “ninguém”. Ele deixa que ela vá.

 

Arya entra disfarçada na comemoração dos Lannisters e Freys pela reconquista de Correrrio, e quando todos saem do salão, ela se revela a Walder Frey, a quem tinha acabado de sevir uma torta feita com pedaços de seus 2 filhos responsáveis pela morte de sua mãe. Ela corta a garganta dele como seu filho cortou de Catelyn, e o observa morrer, enquanto sorri pra ele.

 

TYRION E DAENERYS

Sem Daenerys em Meereen, que voou pra longe com seu dragão pra fugir dos Filhos da Harpia na arena, vários mestres começam a se rebelar e queimar os navios dela. Não dá mais pra voltar pra Westeros.

Tyrion chama os líderes das cidades que retomaram a prática da escravidão pra fazer uma proposta política, enquanto Verme Cinzento e Missandei o aconselham a matar os mestres, pois nenhum acordo funcionaria com eles. Eles chegam em Meereen, e Tyrion oferece 7 anos de transição pra que eles deixem a prática da escravidão sem terem prejuízos, e em troca os mestres teriam que parar com o apoio aos Filhos da Harpia.

Varys viaja a Westeros pra buscar ajuda de Ellaria Sand, que juntamente com suas Sepentes da Areia mataram o Príncipe Doran Martell e seu filho Trystane, acabando com a família Martell e dominando Dorne, e Olenna Tyrell, que também perde sua família pra Cersei, como vimos. Duas líderes de regiões importantes e que querem que o reinado dos Lannisters acabe. Elas aceitam ajudar, e enviam navios a Daenerys.

Ofereço fogo e sangue

 

Após ser capturada por Dothrakis, Daenerys diz que é viúva de Khal Drogo e consegue evitar que a tratem como uma escrava, mas ela é levada até Vaes Dothrak, o lugar pra onde vão todas as viúvas de Khals e onde vivem o resto da vida.

E mais humilhação

 

Jorah e Daario seguem o rastro de Daenerys e chegam a Vaes Dothrak Eles encontram Daenerys, que pede ajuda a eles num plano de fuga. Eles trancam por fora o local onde ela seria julgada pelos Khals, que decidiriam o que fazer com ela mas, lá dentro, ela derrama as tochas e espalha o fogo pela cabana, matando todos os líderes dos khalasares presentes, sobrevivendo às chamas nua, enquanto 100 mil dothrakis se ajoelham do lado de fora à sua nova líder.

 

Jorah revela a Daenerys sobre a escamagris que se espalha por seu corpo, e ela o perdoa pela traição e ordena que ele parta e encontre uma cura.

Voltando pra Meereen, Daenerys encontra seu dragão Drogon e o monta, fazendo um discurso e conseguindo que todos os Dothrakis aceitem sigá-la pra Westeros.

 

Os mestres enviam um ataque a Meereen e Daenerys volta voando em Drogon, onde fica sabendo que Tyrion fez um acordo com os mestres sem sua permissão. Ela decide fazer as coisas do jeito dela e ataca os navios dos mestres usando seus dragões, e Verme Cinzento mata 2 dos 3 mestres. Tyrion manda o terceiro, único sobrevivente, contar aos outros mestres em Astapor e Yunkai sobre o que aconteceu naquele dia.

 

Daenerys nomeia Tyrion como seu Mão da Rainha, e ordena que Daario fique e Meereen pra impedir que a escravidão volte à cidade.

Finalmente um reconhecimento

 

Theon e Yara chegam em Meereen e ofertam seus navios a Daenerys, e em retorno pedem seu apoio pra tirar Euron Greyjoy do poder e permitir que as Ilhas de Ferro sejam novamente livres do Trono. Daenerys aceita a proposta, contanto que os velhos hábitos de saquear e estuprar e matar sejam abandonados pelos Homens de Ferro. O pacto é formado.

Who run the world? Girls

Varys retorna a Essos com a ajuda que foi buscar, e então finalmente Daenerys, junto com Tyrion, Varys, Missandei, Theon, Yara, e todo seu exército e seus dragões, parte pra Westeros.

 

E semana que vem voltamos pra encerrar nosso resumão, com a sétima temporada! Falta pouco! Até!

Post Author: Felipe Lyrio

Deixe uma resposta