Perdão

Nunca os nossos erros passados (e recentes) foram tão expostos como agora. Com isso, uma questão que sempre se fez presente toma mais destaque: o perdão. Afinal de contas, errar é humano. Mas e perdoar? É mesmo divino?

Essa imagem do perdão divino acaba complicando tudo na cabeça de muita gente. Torna o ato de perdoar como uma qualidade de pessoas nobres e joga sobre o ombro de quem sofreu com um erro a responsabilidade de ser o ser superior. Mas a verdade é que não depende só dele o “sucesso” desse perdão.

Para se cogitar perdoar alguém algumas questões devem ser levadas em conta e é isso que abordamos nesse vídeo. Tornar o perdão uma ação em dupla e entender que ele não deve ser praticado por pressões externas de ser a pessoa elevada da relação ou por se sentir inferior e indigno de algo melhor deve ser nossa principal meta. Só assim ele será válido.

E você, já perdoou alguém? Já teve que pedir perdão? Conta pra gente qual a sua visão sobre o tema.

 

 

Post Author: Marcio Oliveira

Deixe uma resposta