P!nk e um papo sobre idade

Daí que rolou essa treta: Um hater postou no Twitter que a P!nk está tão velha que deveria ser chamada de “Purple”. Dãã. Ela deu a melhor resposta: “Sou da mentalidade de que é uma bênção envelhecer. Que se seu rosto tem linhas ao redor dos seus olhos e boca, quer dizer que você riu […]

Qual é sua burca?

Vinha eu outro dia descendo uma rua da Tijuca, distraída, quando me deparei com a frase “Qual é sua burca?” grafitada num poste. Achei curiosa, mas segui meu rumo sem dar muita importância a ela. Mal sabia eu que aquela informação tinha sido muito bem guardada por algum neurônio encrenqueiro e problematizador que, depois de […]

Eu não quero vencer na vida, eu quero viver

O título desse post é uma frase do Eduardo Marinho, artista plástico e… Bem, difícil encontrar um rótulo pra definir o cara que descobri vendo esse vídeo aqui: A história dele é a seguinte: nascido em uma família com boa condição financeira, desde pequeno achava estranho o fato de ter acesso a um mundo de […]

Seje menas

Tem uma coisa que me incomoda muito: a quantidade de lixo que nós, serumaninhos, produzimos. Vamos almoçar no shopping e usamos pratos e talheres de plástico, sachês de molho, copos, canudos, guardanapos descartáveis (que por sua vez vêm em embalagens de plástico). Depois fazemos umas comprinhas e saímos com uma sacola de cada loja. Mais […]

Top 5

Sou meio viciada em classificação. Adoro fazer concursos imaginários dos mais diferentes assuntos: os melhores filmes, lugares, músicas, atores, qualquer coisa que eu queira categorizar com meus critérios aleatórios, sem pretensão, nem credibilidade alguma. Sim, é perda de tempo. Sim, pode trazer problemas: uma vez ordenei meus amigos e tive que passar um bom tempo […]

Sou feia, mas tô na moda

Uma vez, quando criança, ganhei uma fita cassete (sim, faz tempo) chamada Rap Brasil 2. Adorei e me lembro de ficar intrigada com o universo cantado pelos MCs nos Raps do Silva, da Estrada da posse, da Cidade de Deus… Parecia uma realidade tão distante da minha e, ao mesmo tempo, acontecia do meu lado! […]