Cadê farofa?

Desde sempre gostei de músicas animadas: para dançar, me exercitar, curtir momentos ou apenas botar o som alto numa viagem. Nunca fui do tipo de ouvir baladas para curtir fossa ou coisa do tipo, por isso sempre encontrei no POP um lugar familiar. Gênero que sempre tinha as músicas mais empolgantes das pistas de dança […]