Funk 150 bpm: o ritmo louco

Já falei em um outro post sobre minha relação de fascínio com o funk. Acho que o ritmo e as letras são muito mais ricos e originais do que muitas músicas e artistas considerados relevantes e notáveis pela crítica. É um estilo musical menosprezado, provavelmente por dar voz a uma parcela da população igualmente menosprezada. […]